Ensaio de Gerônimo, 30 de janeiro: com Tuca Fernandes/Afrodisíaco/Rafael Pondé/ De um Tudo

a3_2

 Gerônimo recebe Tuca Fernandes, Afrodisíaco, Rafael Pondé e um pocket do espetáculo De um Tudo
Evento: Projeto O Pagador de Promessa, com o cantor Gerônimo.
Data: 30 de janeiro, 20h.
Local: Largo Pedro Archanjo, Pelourinho.
Valores: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).
Vendas na bilheteria, no local, e antecipadamente pelo Sympla, através do link:
São aceitos cartões de débito, no local.
Mais informações: (71) 3016-3330/ 99327-2724 ou pelo site http://www.geronimocantor.com.
 

No Ensaio desta terça-feira, 30 de janeiro, o cantor e compositor Gerônimo mostra porque “já é Carnaval, cidade”. Autor de hinos carnavalescos, como “É d’oxum”; “Acorda, cidade” e “Eu sou negão”, ele comanda a folia antecipada, no Largo Pedro Archanjo. Como convidados desta semana, Gerônimo recebe o cantor Tuca Fernandes, o grupo afrodisíaco, o cantor Rafael Pondé e um pocket do espetáculo De um tudo.

O evento tem direção de produção de Márcia Franco, com realização da Polo Ícone Produções e Eventos. Valor dos ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia). Vendas no local e antecipadas pelo http://www.sympla.com.br. Mais informações pelo site www.geronimocantor.com ou pelos telefones (71) 3016-3330/ 99327-2724.

Um dos convidados da noite, o cantor Tuca Fernandes está comemorando sua marca de 23 carnavais. No sétimo ano de carreira solo, ele anteriormente integrou grupos como o Jheremias Não Bate Corner, cuja base daria origem ao Jammil e Uma Noites. Entre outras características, Tuca é conhecido pela mistura enérgica de ritmos e letras com a cara do verão de Salvador.

O grupo Afrodisíaco, outra atração do Ensaio de terça, vem com a proposta de resgatar a cultura afro-pop tocada na Bahia e no mundo. A banda é liderada pelo cantor e compositor Pierre Onassis, que já passou por bandas como o Olodum e Bom Balanço. Criado em 2005, o Afrodisíaco investe no samba reggae e o seu som traz consigo a valorização da música popular brasileira e suas vertentes.

O cantor Rafael Pondé também leva seu trabalho para o público do Projeto de Gerônimo. Com cinco CDs e um documentário, em sua discografia, ele é faz parte da nova geração de artistas que fazem música sem rótulos. Vai do Samba ao Blues, passando pelo Ijexá e pelo Samba Reggae. Pondé representou o Brasil nos EUA, em 2014, como vencedor do Edital de mobilidade do estado da Bahia e em 2015, pelo edital de intercâmbio do Ministério da Cultura (Governo federal).

Nesta semana, Gerônimo também leva para o seu palco no Pelourinho um pocket do espetáculo de teatro em que atua no momento. O musical “De Um Tudo” discute a baianidade para além dos rótulos e propõe uma reflexão sobre a linguagem e os costumes do baiano. Gerônimo também assina a trilha musical da peça. Com direção de Fernando Guerreiro, “De Um Tudo” mergulha na identidade baiana com muito humor e também com uma profunda reflexão sobre as heranças e costumes do povo.

 

O Projeto do Pelourinho

O Ensaio de Gerônimo no Pelourinho, intitulado O Pagador de Promessa se consagrou como um dos mais importantes palcos da Bahia e fez com que Gerônimo se tornasse uma espécie de embaixador do Pelourinho. A iniciativa se tornou um espaço permanente para cantores consagrados, mas também para novos talentos. O ensaio é considerado como lugar de axé, de boas vibrações e de confraternização. Com o Pagador, o artista vem gerando, ao longo de quase 15 anos, muitos impactos positivos para a cultura baiana.

Com sua resistência, ao longo do tempo, Gerônimo transformou o Pagador de Promessa em uma das referências mais importantes de evento cultural baiano. Isso também para os milhares de turistas, que visitam a cada mês, o projeto, como um atrativo intangível da cidade de Salvador. Com o ensaio semanal, o artista vem contribuindo para dar vida ao Pelourinho.

Segundo o Catálogo das Referências Culturais do Centro Histórico de Salvador, no Projeto de Gerônimo, “ocorre um encontro musical entre diversos artistas, consagrados e novos. É considerado por várias pessoas como o espetáculo mais pulsante que ocorre no Centro Histórico de Salvador”.